sábado, 3 de março de 2007

Sexo



O ser humano sofre de uma insaciável, e de certa forma insatisfeita, busca pelo prazer... oco e fútil... Apenas mecanizado e sem sentido, o sexo da sua forma directa da palavra, não associada a sentimentos. Formas, palavras obscenas ou posições é tudo quanto basta para uns minutos de prazer, mesmo que depois fique o sabor do nada, mas que importa, depois do objectivo alcançado... que venha o próximo... que diferenças existem entre isso e o amor? entre o dia e a noite? entre o branco e o preto???
Entre o dia e a noite existe sempre o céu, entre o branco e o preto existem sempre cores, entre o sexo e o amor existe sempre a consciência. Usa a tua, no teu prazer seja ele qual for tem sempre um amigo a ter em conta... O seu nome é PRESERVATIVO.

Um comentário:

filipe disse...

O ser humano percorre ao longo da vida estranhos e duros caminhos. Talvez o que de mais dificil se encontra nesta caminhada sejam as perdas humanas e os bens materiais. A vida é tudo uma mentira e o pouco que podemos aproveitar dela chama-se amizade verdadeira. É com os amigos que vamos ao sub-mundo. São eles que estão sempre lá nos momentos dificeis. Aproveita-os bem bem. Conta comigo para a tua felicidade. Quero fazer parte dela.

Beijinho e força grande****